Viriditas de Hildegarda de Bingen

17 septembre 2022

BIOGRAFIA DE HILDEGARDA DE BINGEN

IMG_1050Para conhecer mais sobre a vida de Hildegarda de Bingen,

basta clicar nos links abaixo:

💚

CRONOLOGIA

1. Quem foi Hildegarda de Bingen?

2. Hildegarda de Bingen (1098-1112): Origem, Família e Infância.

3. A Abadia de Disibodenberg.

4. As Ruínas de Disibodenberg.

5. Jutta de Spainhem (ou Jutta von Sponheim)

 

(textos ainda em construção)

Agradecimentos:

Muito obrigada à Sarita Testoni por sua gentileza e colaboração na elaboração dos textos aqui colocados.

IMG_7685

Posté par viriditas à 00:40 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : ,


1. Quem foi Hildegarda de Bingen?

IMG_1038Hildegarda de Bingen nos fascina!

Faz mais de 800 anos que a história de sua vida é contada de diversas e novas maneiras. Isso acontece em razão das várias facetas da sua personalidade e de sua vida. O tempo passa e cada vez mais descobrimos novos elementos sobre Hildegarda.

Assim, para a primeira biografia de Hildegarda (redigida) no fim do século XII, o que importava sobretudo era contar todos os milagres que haviam sido realizados por essa santa (que na época, ainda não era santa).*

As visões de Hildegarda foram consideradas durante muitos séculos como predições. Hildegarda é também conhecida por suas profecias sobre diversos temas - todos muito variados! Mais tarde, alguns detalhes de sua vida passaram à ser contados com muita fantasia, como por exemplo, seu encontro com Bernardo de Clairvaux e com o imperador Frederico Barba Ruíva.

Hildegarda também ficou conhecida como a “Profeta de Bingen”, ou ainda, a "Profetisa do Reno" devido às inúmeras profecias que nos deixou.

Infelizmente, nossa época moderna não aceitou bem as visões de Hildegarda como tendo sido mensagens enviadas por Deus, afinal, será que ela não tinha um problema na cabeça? Então, faz apenas uns 10 anos que Hildegarda foi popularizada como aquela que inventou todo um “arsenal” de remédios naturais podendo ser considerada a mãe da fitoterapia ocidental ou ao menos, uma de suas grandes propulsoras – senão a maior!

Mas quem realmente foi Hildegarda de Bingen?

Ela foi uma mulher excepcional que viveu numa época movimentada da História da humanidade e muito distante de nosso século tecnológico, contudo, Hildegarda nos deixou um legado tão atual, que ainda hoje, ela tem muito o quê nos dizer e ensinar...

...e certamente, nós temos muito o que aprender com ela.

🌱

Nota: *Após um processo de canonização arquivado diversas vezes e séculos de espera, Hildegarda de Bingen foi canonizada pelo papa Bento XVI em 7 de outubro de 2012. Bento XVI propôs Santa Hildegarda como Doutora da Igreja Universal e na mesma ocasião, declarou também São João de Ávila como Doutor da Igreja.

🌱

Bibliografia:

- Textos do MUSEUM AM STROM de Bingen sobre a vida e obra de Hildegarda de Bingen (original em francês: Textes des tablettes de la nouvelle exposition permanente “Hildegarde de Bingen”);

- BREINDL Ellen, Hildegarde de Bingen: Une vie, une oeuvre, un art de guérir en âme et en corps, Editions Dangles, 2010

💚

Agradecimentos:

Muito obrigada à Sarita Testoni por sua gentileza e colaboração na elaboração deste texto.

Veja AQUI a sequência deste texto.

IMG_7685

2. Hildegarda de Bingen: (1098 - 1112) Origem, Família e Infância

IMG_1053No ano 1100 após a encarnação de Nosso Senhor Jesus Cristo, a doutrina dos apóstolos e sua brilhante justiça trazida aos cristãos e aos religiosos começava a se enfraquecer e à ser colocada em dúvida. Foi nessa época que eu nasci e que meus pais me ofereceram (com certa tristeza) à Deus; no terceiro ano de minha tenra idade, eu vi uma grande luz que tocou toda a minha alma. Mas por causa de minha infância, eu nada pude dizer.1

Foi num período da história européia caracterizado por muita turbulência e diversos movimentos importantes que nasceu Hildegarda de Bingen, em 16 de setembro de 1098.  

Hildegarda vinha de uma família nobre: seu pai2 era provavelmente o senhor de Bermershein3 e de Niederhosenbach4 e essas origens aristocráticas exerceram uma certa influência sobre Hildegarda por toda a sua vida. Hildegarda tinha plena consciência de fazer parte de uma classe social favorecida e reconhecia o disparate das diferenças sociais de sua época.

IMG_1044

O país natal de Hildegarda situa-se entre os rios Reno5, Nahe6 e Hunsrück7, uma região de bela paisagem, com uma herança cultural romana marcante e sobretudo, com uma grande facilidade de acesso.

IMG_1048

Desde sua tenra infância, Hildegarda manifesta dons específicos: ela vê aparições que são invisíveis para as pessoas que estão ao seu redor. Contudo, ela se cala por ter medo de ser rejeitada.

Sempre doente, Hildegarda tinha uma saúde frágil e essa fragilidade física a acompanhará por toda a sua vida. Porém, sua saúde jamais foi desculpa para Hildegarda deixar de fazer seus afazeres e seguir a sua missão.

Hildegarda é prometida à uma vida consagrada à Deus muito jovem (como era usual na época).8 Ela entra para o mosteiro com a idade de 8 anos e recebe sua instrução religiosa de Jutta de Spanheim9, apenas um pouco mais velha do que ela. Infelizmente, não sabemos nada sobre Hildegarda durante os 6 anos que segue sua entrada ao mosteiro. Ignoramos se durante esse tempo as duas jovens viviam juntas ou se Hildegarda ficava perto de sua família.

IMG_1046

Com sua entrada ao mosteiro, uma grande relação carismática nasce entre Jutta e Hildegarda e essa amizade constituiu uma experiência marcante para a jovem noviça. Em 1112, Jutta se instala no mosteiro da nova abadia de Disibodenberg10 sendo seguida por Hildegarda.

🌱

Notas:

  1. Traduzido livremente do francês: En l'an 1100 après l'incarnation du Christ, la doctrine des Apôtres et l’éclatante justice que celle-ci avait apporté aux Chrétiens et aux religieux, commençait à se ramollir et à être mise en doute. C’est à cette époque que je naquis et que mes parents m’offrirent à Dieu, dans les gémissements, et, dans la troisième année de mon âge, j’ai vu une telle lumière que mon âme a été ébranlée, mais à cause de mon enfance je n’ai rien pu en dire.(Vita II, pg. 125);
  2. O pai de Hildegarda chamava-se Hildeberto e sua mãe Matilde; ambos provavelmente originários de Bermershein, no Condado de Spanheim, pertencem à nobreza local do Palatinado. Sabe-se que eram pais muito amorosos e embora fossem pessoas de fé, sofreram ao entregar a amada filha aos cuidados do mosteiro;
  3. Bermersheim é um pequeno município alemão situado na Renânia-Palatinado (Rhénanie-Palatinat) e no distrito de Alzey-Worms;
  4. Niederhosenbach é um município alemão situado na Renânia-Palatinado e no distrito de Birkenfeld;
  5. O Reno (em alemão: Rhein, em francês: Rhin) é um rio com 1 233 km de comprimento que atravessa a Europa de sul a norte, desaguando no mar do Norte no delta do Reno e Mosa. Seu nome é de origem celta e significa "fluir". Os romanos chamavam o rio de Rhenus. Desde essa época o Reno é um curso de água muito usado para o transporte e o comércio;
  6. O rio Nahe é um rio alemão, cuja nascente localiza-se no nordeste do estado alemão de Sarre. No seu percurso até o rio Reno, ele passa pela Renânia-Palatinado;
  7. O Hunsrück é uma região montanhosa da Renânia-Palatinado entre a Moselle et o Reno, na Alemanha;
  8. Na Alemanha, era comum na idade média que as famílias entregassem o 10º filho ou filha para a vida religiosa em um mosteiro, convento ou abadia.  Sendo Hildegarda a 10ª filha, ela foi entregue aos cuidados de um mosteiro e foi assim que ela iníciou sua vida religiosa. O fato de Hildegarda ter nascido em uma família nobre, permitiu-lhe oferecer dotes importantes ao entrar para o mosteiro. Além disso, ela também já deveria saber ler e escrever (mesmo que rudimentos), o que era um  privilégio para a época  - sobretudo – para as mulheres!
  9. Também pode ser escrito Sponheim. Para saber mais sobre Jutta de Spanheim, clique aqui:
  10. Para saber mais sobre Disibodenberg, clique AQUI.

Bibliografia:

- Textos do MUSEUM AM STROM de Bingen sobre a vida e obra de Hildegarda de Bingen (original em francês: Textes des tablettes de la nouvelle exposition permanente “Hildegarde de Bingen”);

- BREINDL Ellen, Hildegarde de Bingen: Une vie, une oeuvre, un art de guérir en âme et en corps, Editions Dangles, 2010

Agradecimentos:

Muito obrigada à Sarita Testoni por sua gentileza e colaboração na elaboração deste texto.

Veja AQUI a sequência deste texto.

IMG_7685

Posté par viriditas à 00:38 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : , , , ,

16 septembre 2022

Mandala do dia 17 de setembro: SANTA HILDEGARDA DE BINGEN

Luz Extraordinaire Mandala

Chegamos ao fim da Quaresma com Santa Hildegarda e deixo aqui (logo abaixo) a Mandala que iremos trabalhar amanhã!

É só clicar no link abaixo e imprimir!

Um forte abraço à todos e meu muito obrigado por terem participado de toda essa caminhada conosco,

Veruscka Rocha

Mandala:

clique no link e imprima: Luz_Extraordinaria_Santa_Hildegarda

 

 

Posté par viriditas à 16:36 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : , ,

05 août 2022

Instagram: Estudos e Mandala do Cosmos de Santa Hildegarda de Bingen

COSMOS de santa Hildegarda

INFORMAÇÕES para aqueles que desejarem participar desses 40 dias de estudo da Cosmovisão com @lu.hildegardiana e com o trabalho artístico da visão do Cosmos de Santa Hildegarda de Bingen:

Começamos essa bela caminhada de 40 dias no dia 08.08.2022   e a terminanos no dia 16.09.2022

Onde acontece todo esse movimento? Á que horas? 

Estudos da Cosmovisão: no canal Instagram @lu.hildegardiana - LIVES às 9h00 da manhã (esteja atento ao canal no caso de ocorrerem mudanças de última hora)

Mandala do Cosmos: no canal Instagram @hildegarte.verusckarocha

- Segunda à sexta: postagens diárias com as diretrizes do trabalho do dia à partir das 8h00 

- Sábado: Lives sobre o processo da semana com a mandala. Os horários serão passados durante a semana.

- Domingo: Dia de Oração e de Reflexão Escrita (por isso, a importância do caderno)

Importante: Tudo acontece no Horário de Brasília

O que é preciso fazer para participar?

1. ORAÇÕES

Espiritualmente falando: você deve engajar-se e prepapar-se espiritualmente durante este período de 40 dias. Faremos isso juntos mas é importante que você faça sua parte também.

2. MANDALA

- Você deve imprimir a mandala que encontra-se aqui neste blog. Sugiro imprimi-la, de preferência, numa folha sulfite A4 branca (folha padrão das impressoras). 

- Material utilizado para colorir a mandala: você pode utilizar o material que desejar, ou seja, lápis de cor, canetinhas hidrográficas, giz de cêra etc para colorir a mandala. Porém, nada te impede de utilizar tinta e pintar a mandala com esse material. Lembre-se apenas de que o suporte de mandala devera ser mais resistente para suportar a tinta e por isso, uma simples folha de sulfite não é o melhor suporte nesse caso.

- Tenha um caderno para anotar tudo aquilo que você considera importante durante esse processo;

- E claro, preste atenção no conteúdo dado durante estes 40 dias e siga respeitosamente as indicações dadas para cada dia.

Baixe e imprima 5 cópias da mandala aqui:

COSMOS_Universo_Mandala

Se desejar, imprima a Visão de Santa Hildegarda para tê-la contigo (não é obrigatorio):

COSMOS_Universo_Colorido

3. IMPORTANTE

No seu material artístico, tenha certeza que você terá contigo a cor DOURADA.

Organize-se e prepare-se com seriedade. Tenha esse compromisso contigo, com Santa Hildegarda e sobretudo, com Deus!

Permita que uma verdadeira METANÓIA aconteça nas profundezas de sua alma e de sua psiquê!

Até dia 08 na paz do Cristo!

Veruscka Rocha

 

 

Posté par viriditas à 11:22 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : , , , ,


16 février 2022

Novena de Santa Hildegarda e São Rafael Arcanjo (19.02.2022 à 27.02.2022)

ARCHANGE RAPHAEL

- Iluminura de São Rafael Arcanjo -

Neste dia 19 defevereiro, iniciaremos a Novena & Mandala «de Cura com Santa Hildegarda e São Rafael e seus anjos de cura» pedindo cura mas sobretudo, agradecendo essa cura que virá sobre todos nos!

São Rafael Arcanjo é o portador da cura divina. Ele conduz a humanidade no caminho de Deus, intercedendo pela cura dos males e doenças físicas, espirituais etc que possam nos desviar do caminho à Deus!

Segundo as Escrituras, São Rafael Arcanjo assumiu a forma humana e conviveu com seres humanos por alguns meses. A narração se encontra no Livro de Tobias, no Antigo Testamento. Durante esta novena, procure ler a historia de São Rafael e Tobias na Bíblia. Você terá um entendimento muito mais profundo sobre a presença e a importância de São Rafael em nossas vidas!

INFORMAÇÕES para aqueles que desejarem participar dessa NOVENA:

Começamos a novena no dia 19.02.2022  e terminanos no dia 27.02.2022.

Onde acontece a Novena?

No canal @hildegardis.verusckarocha no Instagram

Horário: 12h00 (horário de Brasília) no Brasil e 16h00 (França e alguns países da Europa)

              Exceção: na segunda-feira, dia 21.02, a Novena será ás 10h00 (horário de Brasília) no Brasil e 14h00 (França e alguns países da Europa).

O que é preciso fazer para participar?

1. ORAÇÕES

Espiritualmente falando: você deve engajar-se e prepapar-se para estes 9 dias de oração. As orações encontram-se aqui em PDF, então, basta imprimi-las para tê-las consigo durante a NOVENA.

Baixe e imprima a oração abaixo: 

NOVENA___S_O_RAFAEL_ARCANJO_E_AOS_SEUS_ANJOS_DE_CURA

2. MANDALA

- Você deve imprimir a mandala que encontra-se aqui neste blog. Sugiro imprimi-la, de preferência, numa folha sulfite A4 branca (folha padrão das impressoras) ;

- Material utilizado para colorir a mandala: você pode utilizar o material que desejar, porém, aconselho «fazer simples», ou seja, lápis de cor e canetinhas hidrográficas serão suficientes para colorir a mandala ;

- Se desejar, tenha consigo um caderno ou folha para anotar aquilo que você considera importante ;

- E claro, preste atenção no conteúdo dado durante estes 9 dias (da novena) e siga respeitosamente as indicações dadas para cada dia.

Baixe e imprima sua mandala aqui:

Caminhando_com_Sao_Rafael___Hildegarda

3. IMPORTANTE

No seu material artístico, tenha certeza que você terá contigo a cor verde, em todos os tons que desejar !

Organize-se e prepare seu coração para uma verdadeira cura junto à esses grandes santos e amigos, - presenças divinas - do Amor e da Cura de Deus em nossas vidas!

Até sabado, dia 19!

Veruscka Rocha

29 décembre 2021

SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DE LAUS: Aparição de Nossa Senhora à Benoîte Rencurel, na França (1664-1665)

Santuário de Nossa Senhora de Laus

Aparição de Nossa Senhora à Benoîte Rencurel em Saint Etienne de Laus, na Provença, França.

Nossa Senhora de Laus

(1664 )

LAUS, NA FRANÇA

Ano dedicado á Benoîte Rencurel:

28 de dezembro de 2017 á 28 de dezembro de 2018.

Eu pedi Laus a Meu Filho para a conversão dos pecadores e Ele vos concedeu para mim”.
Palavras da Santíssima Virgem à menina Benoîte, em Laus, França, 1666.

O Vale de Laus está situado em Dauphiné, sul da França, aos pés dos Alpes, a sudeste de Gap. No dialeto local a palavra Laus significa lago. Em 1666, a pequena aldeia era formada por vinte famílias espalhadas em oito pequenas casas. Os habitantes tinham construído uma capela dedicada à Anunciação, em Notre-Dame du Bom-Rencontre (Nossa Senhora do Bom Encontro, significando Anunciação).

A VIDENTE BENOÎTE (lê-se benuate)

Benoîte Rencurel nasceu em 16 de setembro de 1647 em Saint-Étienne d'Avançon (Alpes do sul – na França); seu pai faleceu quando tinha apenas 7 anos. Nunca aprendeu a ler ou escrever e sua única instrução era o sermão da Missa dominical.

SÃO MAURÍCIO

Um dia a menina viu alguns homens indo para sua casa. Ela correu para avisar a mãe, lutando contra um deles que se atreveu a oferecer o seu dinheiro em troca de sua força.

Benoîte e sua família eram doze pessoas ao todo e viviam em dolorosa penúria; ela aceitou a proposta de pastorear ovelhas para dois patrões ao mesmo tempo. Assim, em meio à privação, sacrifício e oração, a jovem pastora foi predestinada e preparada para a missão que desempenharia mais tarde.

Em maio de 1664, quando cuidava de seu rebanho e rezava o terço, sua devoção favorita, repentinamente deparou-se com um venerável homem que trajava vestes semelhantes às de um bispo da Igreja primitiva. Ele veio até ela e disse: “Minha Filha, o que você está fazendo por aqui? ”

Estou cuidando de minhas ovelhas, orando a Deus e à procura de água para beber”.

Eu vou tirar água para você”, responde o homem idoso. E ele se dirige até à beira de um poço que Benoîte não tinha visto.

Você é tão bonito! ” disse ela. “Você é um anjo, ou Jesus?

Eu sou Maurice (Saint Maurice, ou São Maurício), a quem a vizinha capela (então em ruínas) é dedicada… Minha filha, não volte a este lugar. Faz parte de um território diferente, e os guardas tomariam o seu rebanho, se a encontram por aqui. Vá para o vale acima em Saint-Étienne. Lá você verá a Mãe de Deus.

Mas Excelência, Ela está no céu. Como eu poderei vê-La onde dizes?

Sim, Ela está nos céus, na terra, e também onde Ela quer.”

A FORMOSA SENHORA COM O MENINO EM SEUS BRAÇOS

Um dia de maio de 1664, Benoîte, que trabalhava de pastora para uns camponeses vizinhos, estava rezando o rosário quando viu uma formosa Senhora que tinha consigo um menino de beleza singular.

De frente a pequena gruta que estava no local, a menina viu uma Senhora de beleza incomparável trazendo uma não menos bela criança em suas mãos.

"Formosa Senhora! - diz Benoîte - O que estão fazendo aí acima? Querem comer comigo? Tenho um pouco de pão bom; o molharíamos na fonte".

A Senhora sorri diante de sua simplicidade, mas não lhe diz nada. "Formosa Senhora! Poderia dar, por favor, á esse menino, que tanto nos alegraria?".

 A Senhora sorri de novo sem responder. Depois de permanecer algum tempo com Benoîte, toma o menino em seus braços e, ao cair da tarde, entra na gruta e desaparece.
No dia seguinte e durante os próximos quatro meses, Benoîte contemplou aquele lugar a alegria dos Anjos e os ornamentos do Céu.

Antes de fazer de Benoîte Sua amiga e dispensadora das Suas graças, a Santíssima Virgem acompanha dedicadamente a pastora, atraindo para Si a alminha da menina com irresistível atração. Em seguida, depois de dois meses de silêncio, fez dela sua aluna e começou a falar-lhe, a fim de ensinar, testar e incentivá-la.

Manifestando-se sobre aquela isolada montanha para uma menina iletrada, a Rainha do Céu condescendeu uma intimidade afetiva que seria surpreendente se nós não soubéssemos que a bondade de Maria não tem limites.

Durante quatro meses, a Senhora se mostra todos os dias á Benoîte, sempre conversando com grande familiaridade com a jovem, educando-a para sua futura missão.

Um dia, Nossa Senhora convidou Benoîte para descansar ao lado dela. Cansada por brincar com o Menino, a menina pastora dormiu pacificamente sobre a orla do manto da Virgem. Em outra ocasião, com o objetivo de instruir as mães do povoado a ensinarem seus filhos a rezar, Maria Santíssima repetiu, palavra por palavra, a Ladainha de Loreto. Instruiu também Benoîte a ensinar as meninas de Saint-Étienne a irem à Igreja para rezar e cantar todas as noites.

O rosto da menina pastora transfigurava-se no momento das aparições. Ela compartilhou sua felicidade com as pessoas do povoado com alegre simplicidade. Vendo a mudança característica que ocorre nos semblantes dos videntes, as pessoas começaram a perguntar, “O que ela está vendo? Seria a Santíssima Virgem que ela está vendo?” Benoîte nunca ousou perguntar à Senhora quem era, contentando-se em desfrutar da alegria que a dama lhe proporcionava.

Benoîte, então, conta suas visões à proprietária do rebanho, que num primeiro momento não acredita na jovem. Porém, numa manhã, a sra. Rolland, patroa de Benoîte, uma mulher de posses que não tinha qualquer interesse em religião, queria ver por si mesma o que estava realmente ocorrendo no local das aparições e a segue em segredo até o pequeno vale do Fours. Ela chega antes de Benoîte na gruta e esconde-se atrás de uma pedra. A menina pastora chegou alguns instantes mais tarde e logo já viu a Virgem Santíssima. A sra. Rolland não consegue ver a Senhora, mas ouve as palavras que esta dirige a Benoîte á seu respeito: " “Sua senhora está escondida atrás da pedra”, disse Maria. “Diga-lhe para que não mais blasfeme contra o nome de Jesus, porque se ela continuar agindo assim não haverá paraíso para ela: tem uma mancha na consciência. Que faça penitência". A aparição pede a Benoîte que advirta a sua proprietária dos perigos que corre sua alma. Após escutar as palavras da aparição, afetada por aquilo, a proprietária se corrige, volta a freqüentar os sacramentos e vive o resto de seus dias muito cristianamente.

MENSAGENS DA APARIÇÃO


A notícia das aparições começaram a se espalhar e as pessoas comentavam por toda parte. Muitos acreditaram, mas vários permaneceram incrédulos e viam a menina pastora como uma falsa mística. Entre as muitas pessoas que apoiaram Benoîte poucas foram as meninas de St. Stephen’s que, tal como ela, amavam Maria de todo coração.

A Santíssima Virgem disse à menina pastora: “Diga às meninas de St. Stephen que cantem a ladainha da Santíssima Virgem na Igreja todas as noites, com a permissão do Prior, e você verá o que vai acontecer”.

De fato, uma vez que tinham aprendido a sua “lição”, a ladainha era cantada todas as noites com muita devoção.

Interessante observar que Laus está situada na diocese de Embrun. Desde 1638, ano da consagração da França à Maria Santíssima pelo Rei Luis XIII, a ladainha de Loreto era cantada regularmente na catedral de Embrun. Devido aos relatos das aparições, Francois Grimaud, magistrado de Avançon Valley, um bom católico e homem íntegro, decidiu instaurar um inquérito. Após um sério exame ele concluiu que Benoîte não enganava ninguém, nem era uma impostora, muito menos uma doente mental. Ele também observou que a “Bela Senhora” não havia pedido a Benoîte para revelar sua identidade.

A pedido do magistrado, embora isso custasse muito à Benoîte, ela foi obrigada a perguntar: “Minha boa Senhora, eu e todas as pessoas neste local não sabemos quem é a senhora. A senhora é a Mãe de nosso bom Deus? Agradeceria muito se me dissesse que é, e construiremos uma capela aqui para homenageá-la”.

Em 29 de agosto, Benoîte pergunta a visitante como esta se chama, e a aparição lhe responde: “Eu sou Maria, a Mãe de Jesus”.

Em resposta, a aparição celeste respondeu que não havia necessidade de construir coisa alguma ali porque Ela tinha escolhido um local mais agradável. Então acrescentou: “Eu sou Maria, a Mãe de Jesus. Você não me verá mais aqui por algum tempo”. E Benoîte não viu a Senhora Celestial durante um mês inteiro. Isso causou um pesar tão profundo na menina que sem a ajuda do Céu ela não teria sobrevivido.

Em 20 de setembro de 1664, do outro lado da ribeira, a meio caminho da colina que leva a Laus, ela viu novamente a Santíssima Virgem. “Ah, boa Mãe!” exclamou ela, “por que a Senhora me privou da alegria de vê-la por tanto tempo?” Então ela atravessou o córrego que estava bem cheio e lançou-se aos pés da Rainha do Céu.

A Bem-Aventurada Virgem lhe disse: “De agora em dia, você me verá apenas na capela que está em Laus”.

Maria mostrou-lhe o caminho que ela deveria subir ao longo do morro em direção a Laus, uma aldeia que a menina tinha ouvido falar, mas nunca visitara, embora conhecesse a aldeia de St.-Étienne d’Avançon. Assegurou-lhe que reconheceria o lugar quando sentisse uma “doce fragância”.

Porém, Benoîte passou um longo tempo procurando pelo local, em lágrimas, passando aqui e ali sempre à procura. Ela parou na entrada de cada habitação na tentativa de detectar a “doce fragância”. Finalmente, ela sentiu o perfume perto de uma porta entreaberta.

Ao entrar na humilde capela abandonada, Benoîte encontrou a sua Bela Dama de pé, sobre um altar coberto de poeira: “Querida Senhora, gostaria que eu depusesse meu avental sob seus pés? Há muito pó!”

Não, minha filha… Logo nada faltará neste lugar — nem vestes, nem altar de linhos, nem velas. Eu desejo que seja construída uma grande igreja neste local, juntamente com um edifício para abrigar alguns padres residentes. A igreja será construída em homenagem ao meu querido Filho e a Mim. Aqui muitos pecadores serão convertidos. Eu irei aparecer muitas vezes neste lugar”.

Sobre o altar empoeirado a Santíssima Virgem lhe disse: “Minha filha, você tem procurado diligentemente por Mim, mas não deveria chorar. Mesmo assim, você Me deixou satisfeita por não ter se mostrado impaciente.

Benoîte humildemente aceitou esta observação.

 “Construir uma igreja?” exclamou Benoite. “Não há dinheiro para isso aqui!”

Não se preocupe. Quando chegar a hora de construir, você irá encontrar tudo o que precisar, e não demorará. Os tostões dos pobres irá fornecer tudo. Nada irá faltar.”

Essas palavras da Mãe de Deus foram realmente cumpridas. Conforme propagava-se a notícia das aparições, o número de visitantes a Laus aumentava gradativamente. Graças e bênçãos eram derramadas sobre as almas; centenas e milhares de pessoas começaram a vir rezar na capela dos pobres. Curas de todos os tipos abundaram e pecadores foram convertidos em grande número. Em 25 de março de 1665, menos de um ano após a primeira aparição, uma imensa multidão chegou à capela deserta.

Nesse mesmo ano, em 3 de maio, por ocasião da Festa de Santa Cruz, trinta e cinco paróquias convergiram até ali, cada qual com sua respectiva bandeira. Altares para confissões tiveram que ser improvisados ao ar livre para atender a piedade do povo. Sacerdotes da região viram-se obrigados a oferecer sua ajuda ao Padre Fraisse, pároco de Saint-Étienne, e ouvir as muitas confissões.

Durante o inverno de 1664-1665, Benoîte sobe até Laus muito frequentemente para encontrar-se com a Santa Virgem e a aparição lhe recomenda "rezar continuamente pelos pecadores". Mais tarde, a notícia das aparições se propaga entre os aldeões e também as autoridades do clero. Um grande combate começa então, até que, finalmente, estes acreditem que Benoîte tenha realmente visto Nossa Senhora.

Naquela época, Laus pertencia à Diocese de Embrun. Sendo da Diocese de Gap, Padre Gaillard não possuía autoridade para passar um acórdão oficial. Após a recomendação de vários sacerdotes, ele escreveu para o Padre Antoine Lambert, Vigário Geral da Diocese de Embrun, e pediu que ele iniciasse um inquérito eclesiástico.

Padre Lambert mostrou-se mais frio em ralação as aparições em Laus. Ele estava convencido de que as visões de Benoîte eram diabólicas e a jovem pastora uma visionária comum.

Em 14 de setembro de 1665, voltou para Laus na companhia de vários eminentes sacerdotes, todos opositores aos acontecimentos em Laus, dispostos a pôr fim a “esta magia”, denunciar a postura de Benoîte e fechar a capela.

Quando a pobre pastora ouviu que tinham chegado, ela tinha tanto medo que procurou fugir, mas a Mãe de Deus a tranqüilizou: “Não, minha filha, você não deve fugir. Você deve continuar e fazer justiça a esses homens da Igreja. Interrogar-te-ão um por um e tentarão confundi-la com suas próprias palavras. Mas não tenha medo. Diga ao vigário geral que ele pode muito bem tornar Deus que desce do céu na Eucaristia com o poder que recebeu quando se tornou padre, mas ele não tem ordens para dar a Mãe de Deus”.

O vigário geral respondeu: “Bom, se aquilo que as pessoas estão dizendo é verdade, então reze à Ela para me mostrar a verdade através de um sinal ou um milagre, e então farei tudo o que posso para realizar a Sua vontade”.

Diga ao vigário geral que ele pode muito bem tornar Deus que desce do céu na Eucaristia com o poder que recebeu quando se tornou padre, mas ele não tem ordens para dar a Mãe de Deus”.

Por inspiração da Virgem, a menina pastora respondeu-lhe: “Eminência, embora o senhor possua o poder de a cada manhã fazer Deus chegar até ao altar pelo divino poder que recebeu quando se tornou padre, o senhor não tem ordem para dar à Sua santa Mãe, e ao que a Ela agrada realizar aqui.”

Impressionado com estas palavras, o vigário geral respondeu: “Bom, se aquilo que as pessoas estão dizendo é verdade, então reze à Ela para me mostrar a verdade através de um sinal ou um milagre, e então farei tudo o que posso para realizar a Sua vontade. Mas, mais uma vez, tome cuidado para que todas essas coisas não sejam ilusões e efeitos de sua imaginação para iludir o povo. Não permitirei abusos e lutarei com todos os meios ao meu alcance”.

Na manhã seguinte, uma mulher bem conhecida da área com o nome de Catherine Frasco tinha sido vítima, nos últimos seis anos da contração dos nervos em suas pernas: eram ambos dobradas para trás e parecia vinculado ao seu corpo, e nenhum esforço poderia separá-los. O seu caso tinha sido declarado incurável por dois eminentes cirurgiões da região. Esta mulher entrou na capela, caminhando com suas próprias pernas, enquanto o vigário geral estava celebrando a missa. Sua presença causou uma grande agitação no povo que exclamava: “Milagre! Milagre! Catherine Frasco está curada!” Movido pelas lágrimas, Padre Lambert teve grande dificuldade para terminar sua missa. Padre Gaillard, que estava servindo, escreveu, “Eu sou um fiel testemunha de tudo o que ocorreu.” E o vigário geral declarou, “Existe uma coisa extraordinária ocorrendo nesta capela. Sim, a mão de Deus está lá!” O vigário geral finalmente autorizou a construção da igreja, conforme a Virgem solicitara.

Em 7 de outubro de 1666, Festa do Santo Rosário, Padre Gaillard estabeleceu a primeira pedra do edifício, e os Padres da Gap Dominicana presidiram a uma longa procissão de peregrinos. Foi nessa ocasião que Benoite se tornou uma Dominicana Terciária. A partir de então, ela usava o véu e a capa de terciário, e o povo começou a chamá-la “Irmã Benoite”.

Os primeiros historiadores da Laus são unânimes em mencionar o milagre da “doce e celeste fragrância” do lugar: “A Igreja de Nossa Senhora de Laus foi construída para o canto dos salmos e hinos. As mãos dos pobres reuniram todo o material, fizeram doações e cavaram seus alicerces. A Providência levantou suas paredes, e a confiança em Deus”.

Consta nos manuscritos do relatório de Laus que “cada vez que a Virgem lhe homenageava com Sua visita, as pessoas sentiam uma fragrância celestial permeando toda a Igreja. Às vezes, as vestes da menina pastora foram profundamente impregnadas com o celeste perfume até oito dias. De modo sobrenatural, essas fragrâncias eram tão doces e deliciosas que elevava a alma, superando todas as outras fragrâncias da terra”.

Em 1716, porque ele ainda sentia essa “doce fragrância,” Honore Pela, um escultor de Gap, doou uma bela estátua em mármore de Carrara, representando a Virgem e o Menino. Mesmo em nossos dias, este fenômeno de fragrâncias ainda é ocasionalmente experimentado pelos peregrinos. Para evitar qualquer possibilidade de engano, flores, normalmente, não são permitidos no santuário.

Sempre que Benoîte era visitada por sua boa Mãe, seu rosto parecia resplandecer, como o de Moisés ao descer do Sinai; ela permanecia de joelhos, recitava a ladainha da Santíssima Virgem, e depois, durante o resto do dia sentia-se incapaz de comer.

Em 18 de setembro de 1665, quando Benoîte tem 18 anos, as aparições e a peregrinação são reconhecidas oficialmente por parte da autoridade diocesana e, á partir do outono desse ano, começa a construção de uma igreja para poder acolher aos peregrinos, que cada vez são mais numerosos.

Nossa Senhora se revela em Laus como reconciliadora e local santo de refúgio dos pecadores, e por isso, contribui com sinais para convencer á todos da necessidade de converter-se ao Cristo e levar uma vida digna onde a oração sempre esteja presente. A Virgem Maria também anuncia á Benoîte que o óleo da capela (que arde ante o Santo Sacramento) obrará curas nos doentes que o apliquem, se recorrerem com fé á sua intercessão.

Benoîte tomou muito á sério a missão recebida da Virgem Maria e dedicou-se á preparar os pecadores para que recebessem o sacramento da Penitência. Esta é uma das razões que você verá, com frequência, dois sacerdotes adscritos ao santuário com a missão de receber os peregrinos com doçura, paciência e caridade, empregando uma bondade especial para com os mais pecadores a fim de incitá-los ao arrependimento e escutá-los no sacramento da Confissão.

Inspirada pelo Céu, Benoîte persuadia os pecadores para que se confessassem e, se necessário, revelava-lhes pecados esquecidos ou escondidos. Ela podia “ver consciências como em um espelho, todos de uma vez”, dizia. Este seu carisma permitia-lhe ler nas almas suas falhas, pecados graves ou menos graves, motivações ocultas, hipocrisia e erros muitas vezes cometidos inconscientemente. Ela exortava as pessoas para um estado de simplicidade e pureza de alma, humildade e firme vontade de melhorar.

Às vezes, Benoîte era obrigada a fazer observações dolorosas e dizer coisas que não eram fáceis de se ouvir, mas ela era tão gentil e compassiva que as pessoas que a procuravam em geral ficavam muito gratas a ela. Essas pessoas, depois que conversavam com ela, sentiam-se motivadas a purificar cada aspecto de suas consciências, de modo a transformarem verdadeiramente suas vidas.

Sua tarefa mais difícil era repreender ou avisar certas almas segundo as solicitações de Nossa Senhora.  Benoîte confessava que se sentia indigna para realizar essa tarefa. Além disso, a Santíssima Virgem muitas vezes lhe repreendia, embora com doçura maternal. Essas admoestações a constrangia e algumas vezes ela aguardava uma segunda ordem de Maria Santíssima para obedecer.

A Virgem Maria pede a Benoîte que incite as mulheres e moças de vida escandalosa e promíscua - especialmente as que cometeram o aborto -  á mudarem suas vidas e se se converterem e se apegarem ao Cristo, que tudo perdoa e tudo cura, mesmo as almas mais doentes. Esse pedido também estendeu-se  aos ricos injustos ou perversos, aos sacerdotes e religiosos infiéis aos seus compromissos sagrados. Seu filho, o Cristo, acolhe á todos com Seu perdão, sem nenhum julgamento, mas apenas com Sua misericórdia. Ele assim o faz até hoje!

Muitos sacerdotes foram advertidos pela Virgem, através de Benoîte, quanto a sua indiscrição, falta de prudência na forma de questionar penitentes, por seus comportamentos negligentes, rancores.

A Virgem lhe aconselhava: “Tome sempre cuidado, Minha filha! Tenha paciência… Faça o seu dever alegremente… Não guarde nenhum ódio contra os inimigos de Laus… Não se incomode com os doentes que a procuram, ou se as pessoas não ligam para seus conselhos… Não se deixe perturbar pelas tentações nem pelos assuntos seculares… Esforce-se para nunca abandonar a presença de Deus, porque quem tem fé nunca se atreve ofendê-lO.”

Entre 1669 e 1679, Benoîte é abençoada com 5 aparições de Cristo, num grande sofrimento. Uma sexta-feira de julho de 1673, Jesus ensanguentado, diz-lhe: "Minha filha, mostro-me neste estado para que participes das dores de minha Paixão".

Transportada nessa tristeza, a menina disse: “Oh, meu Jesus, se você permanecer mais um instante revelando-me Sua paixão, vou morrer!

Essas visões da paixão do Senhor causavam-lhe tanto sofrimento que um dia seu Anjo Guardião veio tranqüiliza-la, dizendo: “Não se perturbe, minha irmã. Embora o nosso Divino Mestre tenha surgido a você nesta condição, Ele não está sofrendo qualquer coisa agora. Ele quis apenas mostrar-lhe o quanto sofreu por amor a raça humana.”

Mas essas palavras não a consolavam.

A Santíssima Virgem apareceu-lhe no sábado seguinte e disse: “Você não terá mais os sofrimentos das sextas-feiras, mas terá muitos outros”.

Numa obra antiga e escrita por um padre que estudou os acontecimentos de Laus, é relatado com cuidado e detalhes todos estes fatos maravilhosos.  Cita-se igualmente os combates – que não foram poucos - que a privilegiada vidente teve de sustentar para poder cumprir sua missão.

O ódio de Satanás fazia-se sentir cada vez mais em tudo ao seu redor. Na verdade, Cristo sempre marca a autenticidade de suas obras com o selo de Sua Cruz. Passou então a ocorrer uma onda de falsas aparições naquela região, a ponto de enganar muitas almas fracas. As devoções a Laus praticamente pararam por um tempo. Benoîte vivenciou profunda solidão e desprezo de todos ficando privada até mesmo da companhia de seus diretores espirituais.

O ANJO DA GUARDA DE BENOÎTE

Mesmo assim, a tática doas trevas não obteve sucesso em arruinar completamente a peregrinação. O Anjo de Guarda de Benoîte, para confortá-la, levantou-lhe um pouco do véu que escondia seu futuro: “Haverá sempre problemas em Laus até que sejam estabelecidos religiosos aqui”.

Em 18 de março de 1700, o Anjo Guardião de Benoîte disse-lhe, “a devoção de Laus é obra de Deus, que nem o homem nem o diabo poderão destruir. Continuará até o fim do mundo, cada vez mais próspero e ostentando grandes frutos em todos os lugares”.

Por um lado, a heróica escolhida de Maria era atormentada pelos demônios do inferno, por causa de seu carisma em favor da conversão dos pecadores. Mas, por outro lado, ela viveu na familiaridade com os anjos. Ela foi especialmente perto de seu Anjo Guardião, a quem confidenciava todas as dores e sofrimentos, consultando-o frequentemente.

Por sua vez, seu Anjo sempre correspondeu a esta confiança absoluta em todos os tipos de serviços. Devido à perfeita simplicidade de Benoîte, o contato com seu Anjo Guardião era um fenômeno natural para Benoîte. Seu Anjo ensinou-lhe as virtudes de algumas plantas e lhe ajudava a limpar sua pequena capela.

Uma vez, ela havia esquecido seu xale, pouco mais de um pano cortado, pendurado em uma floresta. Chegando à noite e sofrendo amargamente de frio, seu Anjo lhe apareceu, trazendo em suas mãos o xale esquecido. Em muitas ocasiões ele abriu a porta da igreja para ela e recitou o Rosário em sua companhia. Por outro lado, ele também sabia quando corrigi-la. Chegou a confiscar um belo Rosário que havia sido dado a Benoîte, e para o qual ela tinha um grande apego. Depois de um longo tempo ele o devolveu.

A despeito dos contínuos sofrimentos, Benoîte permaneceu fiel aluna de Maria e eficaz intercessora para a conversão dos pecadores. Quando sua boa Mãe do Céu deixou de visitá-la, isso para sua purificação, Satanás gritou: “Ela abandonou você… Você não terá mais qualquer recurso, somente a mim! Benoîte respondeu: “Ah, eu preferiria morrer mil vezes abandonada por Maria, do que renunciá-la por um só momento!”


Depois de mais de duas décadas de sofrimentos e constantes aparições da Virgem Maria, Benoîte recebe a Comunhão no dia de Natal de 1718 e três dias mais tarde, se confessa e recebe a Unção. Por volta das oito da noite, Benoîte se despede dos que a rodeiam e, logo, depois de beijar um crucifixo e olhar em direção ao céu, deixa este mundo em paz.

Irmã Benoîte Rencurel foi declarada Venerável em 1871 e beatificada em 1984.

A IGREJA EM LAUS

A Igreja no Laus foi elevada à categoria de Basílica menor em 1893. No dia 05 de maio de 2008, a Igreja francesa reconheceu oficialmente o caráter sobrenatural das aparições de Nossa Senhora a Benoîte Rencurel, no Santuário de Laus, nos Alpes franceses. Para a ocasião, houve uma Celebração Eucarística, presidida pelo bispo da diocese de Gap e de Embrun, Dom Jean-Michel di Falco Leandri, que assinou o decreto de reconhecimento.

Durante 54 anos, a Santíssima Virgem Maria formou e animou Benedita, para que ela fosse sua colaboradora na conversão dos pecadores. Foi construída uma igreja em que se dispensaram numerosas graças por Nossa Senhora.

Na igreja construída para perpetuar suas aparições, foi colocada uma imagem da Virgem Maria que tomou o título de Nossa Senhora de Laus.

O ÓLEO DA LÂMPADA DO SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DE LAUS

Nossa Senhora pediu que um óleo santo fosse queimado continuamente e distribuído aos fiéis: “Uma gota é o suficiente. O restante é a fé.

Este óleo é uma graça da Virgem Maria para a conversão e cura de todos os seus filhos e filhas que lhe utilizarem com fé; é também a Presença Eucarística (pedido da oração de Benoîte): “A presença desse óleo indica a Presença do Salvador, que é o Senhor do Universo, o pão vivo vindo do Céu.1

Você recebe esse óleo gratuitamente no Santuário2 e também pode vê-lo queimando ao lado do altar. O óleo da lâmpada do Santuário de Nossa Senhora de Laus, nunca deixou de queimar desde a primavera de 1665 e, como foi dito logo acima, é o símbolo da radiante Presença Divina do Corpo Eucarístico de Jesus que jamais cessa de curar: “Saia de Seu corpo uma força que curava a todos. ”3

Os manuscritos do Santuário, datados de 1665, já anunciam as primeiras curas realizadas com o uso do óleo da lâmpada do santuário e desde então, várias outras curas já fazem parte dos registros do local.4

Como são curadas tantas pessoas de todo tipo de mal ao usarem o óleo da lâmpada da capela! Cada um o leva para sua região e país e ao dividi-lo com seus vizinhos, acaba por curar outras pessoas sem que estas saibam que este óleo vem de Laus.”5

Basta ter fé e colocar-se em estado de graça para receber...”6

Como já foi dito anteriormente, o óleo da lâmpada do Santuário de Nossa Senhora de Laus fica ao lado do altar, na Igreja do Bom Encontro (Eglise du Bon-Rencontre). Este óleo é consagrado pelo bispo como os óleos santos. Ele queima dia e noite diante de Jesus Eucarística e diante da imagem de Nossa Senhora de Laus, próximo ao túmulo de Benoîte onde o anjo que lhe apareceu disse: “Teus ossos farão milagres. Doentes virão de longe para serem curados e serão curados. Pois eu escolhi este lugar para a conversão dos pecadores. ” Este óleo é distribuído no santuário e enviado a outros lugares e países – quando pedido - se necessário.

Atenção: Este óleo não é e jamais será comercializado. As pessoas que o recebem oferecem doações espontaneamente, caso o desejarem e se puderem fazê-lo, no valor que desejarem e puderem. NADA É COBRADO. Qualquer tentativa de venda é contra os princípios do Santuário!

Notre Dame du Laus

***

Para obter informações e/ou entrar em contato com o santuário:

Sanctuaire Notre-Dame du Laus

05130 Saint-Étienne-le-Laus

Telefone: (33) 04.92.50.94.00

Fax: 04.92.50.90.77

Mail: accueildupelerin@notre-dame-de-laus.com

Site: www.notre-dame-de-laus.com

***

Fonte:

Padre COMBAL, René, L´Huile de la Lampe du Sanctuaire, Notre Dame de Laus, 2017;

(site) Nossa Senhora de Laus

(site) Salve Maria Imaculada!

(site oficial) Sanctuaire Notre-Dame-du-Laus

Notas:

1, 3, 4, 5 e 6 foram traduzidas livremente do texto em francês do livreto L´Huile de la Lampe du Sanctuaire (Óleo da Lâmpada do Santuário) do padre René Combal;

2 - basta ir ao site oficial Sanctuaire Notre-Dame-du-Laus e clicar em RECEVOIR L'HUILE DU LAUS (receber o óleo de Laus). Atenção, site e textos em francês.

 

 

31 octobre 2021

SANTUÁRIO NOSSA SENHORA DA VALCLUSE (Sanctuaire Notre-Dame de la Valcluse): Palestras e Produtos de Hildegarda de Bingen

IMG_7206IMG_7207

IMG_7208

INFORMAÇÕES SOBRE OS PRODUTOS DE SANTA HILDEGARDA: 

Nem sempre é fácil encontrar os produtos de Santa Hildegarda, pois é fato que no Brasil, a alimentação hildegardiana ainda não é muito conhecida - embora já venha sendo mais divulgada.

Na Europa, no que se refere ao trigo espelta (épeautre, em francês ou dinkel, em alemão), a marca HERTZKA foi criada com o objetivo de proteger e dar mais segurança ao consumidor que busca a alimentação hildegardiana. Esta marca confirma a procedência segura do trigo espelta e também que este não é hibridado com nenhum outro tipo de trigo ou cereal.

Felizmente, alguns alimentos podem ser encontrados no Brasil, tais como frutas, legumes, especiarias, ervas e minerais recomendados por Santa Hildegarda de Bingen. Atualmente, até mesmo a situação do trigo espelta que era um pouco complicada (pois antes era mesmo difícil encontrá-lo) vem melhorando pois hoje, já há fornecedores de trigo espelta no país que facilitam o acesso à esse alimento-base da alimentação hildegardiana.

Muitas pessoas me perguntam onde comprar e/ou adquirir o trigo espelta e outros «produtos de Santa Hildegarda»… Sinceramente, eu não conheço todas as pessoas que vêm trabalhando no ramo da alimentação hildegardiana e para dizer a verdade, nem sei quem são exatamente, por isso, prefiro indicar aqui dois profissionais sérios - que conheço - onde você poderá encontrar a espelta: 

- Loja Santa Hildegarda: falar com Herman: @santahildegardabr - Para saber mais, clique AQUI

- Viriditas Brasil: falar com Letícia: @viriditas.hildegarda - Para saber mais, clique AQUI

É uma boa notícia para todos nós que alguns produtos já possam ser encontrados no Brasil. Contudo, para os brasileiros expatriados ou em viagem para o exterior ou para aqueles que falam a língua portuguesa e têm acesso à este blog, visitar estes lugares pode ser uma alternativa em adquirir os produtos de Santa Hildegarda de Bingen. Uma outra opção é comprar pela internet nos sites franceses informados por este blog mas certamente, visto o preço da taxa do euro, o preço final pode sair caro.

Enfim, procure profissionais seguros e sérios e sobretudo, NUNCA ACEITE ESPELTA HIBRIDADO.

IMG_0279

13 octobre 2021

TERÇO DE SANTA MARIA MADALENA (terço das 7 Alegrias de Santa Maria Madalena)

Na tradição provençal, Santa Maria Madalena veio à França e viveu seus últimos anos de vida em uma gruta, a Sainte Baume.

Hoje, essa gruta é visitada por peregrino do mundo inteiro que se recolhem procurando orar e compreender os mistérios de Santa Maria Madalena.

A Ordem Dominicana é a responsável pelo cuidado da gruta e da tradição que a acompanha. Lá, os dominicanos oram diariamente o terço de Santa Maria Madalena e sua ladainha. Aqui, você encontra o terço em PDF para baixar e imprimir e orá-lo em perfeita consciência e devoção.

Terço em PDF aqui: clique no link e baixe Ter_o_das_7_Alegrias_de_Santa_Maria_Madalena 

Terço das 7 Alegrias de Santa Maria Madalena

Como rezar o terço: este terço é composto 7x de 7 contas, ou seja,

-          1 Gaude (Alegra-te, em latim) seguido por

-          1 Credo e 1 Pai-Nosso na primeira conta e

-          1 Ave-Maria nas 3 contas seguintes.

E na conta do coração (centro), ora-se :

Gaude, pia Magdalena. Spes salutis vitae vena, Lapsorum fiducia.

terço de maria madalena

1.As Sete Lágrimas

Alegra-te, ó Maria-Madalena.

Perfeito espelho de piedade,

Espírito de salvação e

Beijo Ardente da Caridade.

Tu és o refúgio e a segurança do pecador mais abatido.

Ó Santa Maria Madalena,

digna-te à conceder-me tua assistência quando minha esperança estiver vencida.

 1. Pai Todo-Poderoso, faça jorrar em mim as lágrimas de Santa Maria Madalena pelo pecado original;

2. Pai Todo-Poderoso, faça jorrar em mim as lágrimas de Santa Maria Madalena pelo pecado mortal;

3. Pai Todo-Poderoso, faça jorrar em mim as lágrimas de Santa Maria Madalena pelo pecado venial;

4. Pai Todo-Poderoso, faça jorrar em mim as lágrimas de Santa Maria Madalena pelo ferimento da malícia;

5. Pai Todo-Poderoso, faça jorrar em mim as lágrimas de Santa Maria Madalena pelo ferimento da fraqueza;

6. Pai Todo-Poderoso, faça jorrar em mim as lágrimas de Santa Maria Madalena pelo ferimento da ignorância;

7. Pai Todo-Poderoso, faça jorrar em mim as lágrimas de Santa Maria Madalena pela concupiscência;

Na conta grande, ora-se :

Gaude, dulcis Advocata,

Paenitendiforma data,

Miseris post vitia. 

2. Os Sete Demônios

Alegra-te, ilustre santa, advogada dos pecadores!

Tu, que por teu amor afasta o medo

e reanima-me pelos teus ardores.

Tu és a regra e o exemplo dos corações realmente penitentes.

Ó Santa Maria Madalena,

cura-me para que eu possa dar uma resposta ao abuso que fiz do tempo.

 1. Verbo de Luz, Tu que liberaste Santa Maria Madalena de seus sete demônios, liberta-me do pecado da gula

2. Verbo de Luz, Tu que liberaste Santa Maria Madalena de seus sete demônios, liberta-me do pecado da luxúria

3. Verbo de Luz, Tu que liberaste Santa Maria Madalena de seus sete demônios, liberta-me do pecado da avareza;

4. Verbo de Luz, Tu que liberaste Santa Maria Madalena de seus sete demônios, liberta-me do pecado da ira;

5. Verbo de Luz, Tu que liberaste Santa Maria Madalena de seus sete demônios, liberta-me do pecado da preguiça;

6. Verbo de Luz, Tu que liberaste Santa Maria Madalena de seus sete demônios, liberta-me do pecado da inveja;

7. Verbo de Luz, Tu que liberaste Santa Maria Madalena de seus sete demônios, liberta-me do pecado da orgulho;

Na conta grande, ora-se :

Gaude, felix Deo,

Grata Cui dimissa sunt

Peccata Speciali gratia.

3. Os Sete Dons 

Alegra-te, Feliz Senhora,

Pérola agradável aos olhos do Deus oculto;

Que para unir-se à alma de teu amor,

Que grande favor !

Que grande graça !

O Salvador se livra aos teus prantos !

Ó Santa Maria Madalena,

faça com que eu chore e

quebre o meu gelo,

através de tuas dores que penetram o meu ser.

1.     Espírito de Amor, Tu que curaste Santa Maria Madalena através de uma graça de sete formas, preencha-me do dom de Temor à Deus;

2.     Espírito de Amor, Tu que curaste Santa Maria Madalena através de uma graça de sete formas, preencha-me do dom de Piedade; 

3.     Espírito de Amor, Tu que curaste Santa Maria Madalena através de uma graça de sete formas, preencha-me do dom de Ciência; 

4.     Espírito de Amor, Tu que curaste Santa Maria Madalena através de uma graça de sete formas, preencha-me do dom de Fortaleza;

5.     Espírito de Amor, Tu que curaste Santa Maria Madalena através de uma graça de sete formas, preencha-me do dom de Conselho;

6.     Espírito de Amor, Tu que curaste Santa Maria Madalena através de uma graça de sete formas, preencha-me do dom de Inteligência;  

7.     Espírito de Amor, Tu que curaste Santa Maria Madalena através de uma graça de sete formas, preencha-me do dom de Sabedoria. 

Na conta grande, ora-se :

Gaude, lotrix pedum Christi,

A quo tanta  meruisti

Amoris insignia.

 4. As Sete Dores

Alegra-te, Fonte de Lágrimas,

aos pés sagrados de Jesus Cristo!

Tu, que os lavaste com os charmes

de teu coração humilde e contrito.

Tu o amaste demais

e Ele, em retorno, te amou ardemente…

Ó Santa Maria Madalena,

faça com que meu coração ame-O de um amor sem fim,

Ame o Senhor que quer todo meu amor.

1.     Deus Boníssimo, faça-me contemplar Tua cruz através das lágrimas de Santa Maria Madalena e que Teu nome seja santificado;

2.     Deus Boníssimo, faça-me contemplar Tua cruz através das lágrimas de Santa Maria Madalena e que Teu reino venha à nós;

3.     Deus Boníssimo, faça-me contemplar Tua cruz através das lágrimas de Santa Maria Madalena e que Tua vontade seja feita;

4.     Deus Boníssimo, faça-me contemplar Tua cruz através das lágrimas de Santa Maria Madalena e dê-me o pão cotidiano;

5.     Deus Boníssimo, faça-me contemplar Tua cruz através das lágrimas de Santa Maria Madalena e perdõe minhas ofensas;

6.     Deus Boníssimo, faça-me contemplar Tua cruz através das lágrimas de Santa Maria Madalena e faça com que eu não entre em tentação;

7.     Deus Boníssimo, faça-me contemplar Tua cruz através das lágrimas de Santa Maria Madalena e livrai-me do mal.

Na conta grande, ora-se :

Gaude, primo digna frui

Visu Redemptoris tui

Surgentis cum gloria

   5. Os Sete Perfumes

Alegra-te, Amante Divina,

A quem Jesus Cristo Ressuscitado,

fez ver o deslumbrante esplendor

de Sua santa humanidade.

Ele mostra-se à ti antes de qualquer outra pessoa

e assim fazendo, põe fim ao teu aborrecimento:

Ó Santa Maria Madalena,

que minha preocupação seja semelhante à tua:

que eu não procure ninguém mais além Dele.

1.     Ó Bom Jesus, para espalhar sobre Teu corpo o perfume de Santa Maria Madalena, faça com que eu visite os doentes;

2.     Ó Bom Jesus, para espalhar sobre Teu corpo o perfume de Santa Maria Madalena, faça com que eu dê beber à quem tem sede;

3.     Ó Bom Jesus, para espalhar sobre Teu corpo o perfume de Santa Maria Madalena, faça com que eu dê de comer à quem tem fome;

4.     Ó Bom Jesus, para espalhar sobre Teu corpo o perfume de Santa Maria Madalena, faça com que eu redima os cativos;

5.     Ó Bom Jesus, para espalhar sobre Teu corpo o perfume de Santa Maria Madalena, faça com que eu dê de vestir à quem está nu;

6.     Ó Bom Jesus, para espalhar sobre Teu corpo o perfume de Santa Maria Madalena, faça com que eu acolha os estrangeiros;

7.     Ó Bom Jesus, para espalhar sobre Teu corpo o perfume de Santa Maria Madalena, faça com que eu enterre os mortos.

Na conta grande, ora-se : 

Gaude, quae septenis horis,

Es ah antro vecta foris

Ad caeli vestigia fastigia

   6. As Sete Elevações

Alegra-te com os Anjos,

que te elevam aos Céus

cantando ao Altíssimo mil louvoures

em concertos melodiosos.

Sete vezes, dia-após-dia, no fundo da caverna,

eles te carregam ao pilar…

Ó Santa Maria Madalena,

eleve meu coração ao seu centro

para que ele se consuma inteiramente.

1.     Santa Maria Madalena, elevada sete vezes por dia pelos anjos do Senhor, mostre-me como aconselhar aqueles que duvidam;

2.     Santa Maria Madalena, elevada sete vezes por dia pelos anjos do Senhor, mostre-me como instruir os ignorantes;

3.     Santa Maria Madalena, elevada sete vezes por dia pelos anjos do Senhor, mostre-me como recuperar os pecadores;

4.     Santa Maria Madalena, elevada sete vezes por dia pelos anjos do Senhor, mostre-me como consolar os aflitos;

5.     Santa Maria Madalena, elevada sete vezes por dia pelos anjos do Senhor, mostre-me como perdoar as ofensas;

6.     Santa Maria Madalena, elevada sete vezes por dia pelos anjos do Senhor, mostre-me como suportar os importunos;

7.     Santa Maria Madalena, elevada sete vezes por dia pelos anjos do Senhor, mostre-me como orar pelos vivos e pelos mortos.

Na conta grande, ora-se :

Gaude, quae nunc sublimaris,

Et cum Christo gloriaris

In caelesti gloria curial

    7. As Sete Virtudes

Alegra-te, mulher exaltada,

entre os maiores serafins.

Tua alma uma vez ressucistada,

venceu todos os espíritos malignos.

Ó mulher forte, tu reina na glória

com Jesus Cristo, Teu esposo.

Ó Santa Maria Madalena,

Ajuste meus passos de tal maneira,

que no fim de tudo, eu reine contigo.

 1.     Santissíma Trindade, pelos méritos e seguindo o exemplo de Santa Maria Madalena, aumente em meu ser a Fé;

2.     Santissíma Trindade, pelos méritos e seguindo o exemplo de Santa Maria Madalena, aumente em meu ser a Esperança;

3.     Santissíma Trindade, pelos méritos e seguindo o exemplo de Santa Maria Madalena, aumente em meu ser a Caridade;

4.     Santissíma Trindade, pelos méritos e seguindo o exemplo de Santa do balsamoMaria Madalena, aumente em meu ser a Prudência;

5.     Santissíma Trindade, pelos méritos e seguindo o exemplo de Santa Maria Madalena, aumente em meu ser a Temperança;

6.     Santissíma Trindade, pelos méritos e seguindo o exemplo de Santa Maria Madalena, aumente em meu ser a Força;

7.     Santissíma Trindade, pelos méritos e seguindo o exemplo de Santa Maria Madalena, aumente em meu ser a Justiça.

Na conta grande, ora-se : 

Fac nos hic sic poenitere

Ut post ortem lucis verae

Sortiamus gaudia.

Amen.

Ó Santa Maria Madalena,

Faça que no exilio dessa vida,

eu não pense mais em lamentar-me,

de medo de que minha morte seja seguida

da noite que traz arrepios.

Ó Santa Maria Madalena,

preencha meu coraçao do bálsamo

Que expurga os males que cometi

para poder, então, viver na alegria

de um dia eternemente belo.

INVOCAÇÃO FINAL (3 VEZES)

Sancta Maria Magdalena

Ora pro Nobis

Santa Maria Madalena

Rogais por Nós 

Ladainha de Santa Maria Madalena

(Orada no Santuário e na Gruta de Sainte-Baume e na Catedral de Santa Maria Madalena e São Maximiano, em Saint Maximin, na França)

Senhor, tende piedade de nós.

Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Cristo, ouvi-nos!

Cristo, atenda os nossos pedidos!

Deus, Pai do Céu, tende piedade de nós.

Deus, Filho, Redentor do Mundo, tende piedade de nós.

Deus, Espírito Santo, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade que é um Único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós.

Rogai por nós Santa Maria Madalena.

Rogai por nós.

Carregando um jarro de alabastro cheio de perfumes ;

Regando os pés de Jesus com suas lágrimas…

Enxugando-os com seus cabelos…

Beijando-os com ardor…

A quem muito pecados foram perdoados…

Inflamada pelos ardores da caridade… 

Agradáveis ao Senhor.

Queridos à Jesus.

Aquela que escolheu a melhor parte…

Obteve a ressurreição de seu irmão Lázaro.

Fielmente esteve ao lado de Jesus em Sua Paixão.

Permaneceu ao seu lado quando os demais discípulos fugiram…

Primeira dos discípulos em ver o Cristo ressuscitado.

Foi marcada em sua fronte pelo contato de Suas mãos gloriosas…

Apóstolo dos apóstolos!

Apóstola da Provença!

Protetora da Ordem dos Irmãos Predicadores.

Doce advogada dos penitentes…

Que sejamos merecedores de gozar, junto à ti,

a presença do Senhor para sempre!

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, Santa Maria Madalena,

Para que sejamos dignos da Promessa de Cristo.

Cristo, ouvi-nos!

Cristo, atenda os nossos pedidos!

 

Oremos ao Senhor

Ó Pai tão clemente, espalhe generosamente Teus dons sobre nós.

Pela intercessão de Santa Maria Madalena

que tanto amou e ainda ama na eternidade Nosso Senhor Jesus Cristo

e por isso, obteve o perdão de todos os seus pecados.

Seguindo seu santo exemplo, que nós também possamos

obter Sua Misericórdia Divina e viver em Sua Eterna Alegria.   

Por Nosso Senhor Jesus Cristo,

Amém.

(traduzido do francês por Veruscka Rocha)

IMG_E8840

Posté par viriditas à 07:37 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : ,

29 septembre 2021

Basílica do Arcanjo Miguel em Menton, na França (Basilique de l'Archange Michel à Menton)

IMG_0285

A Basílica de São Miguel Arcanjo é uma igreja barroca provençal construída no coração do Centro Histórico da cidade de Menton, na França.

Ela foi obra do arquiteto Lorenzo Lavagna, no início do século XII. No entanto, as obras para sua construção começaram realmente em 1639 e ela foi aberta aos fiéis em 1653. Enfim, em 8 maio de 1675, a nova igreja é consagrada pelo bispo de Vintimille, Mauro Promontório. Em 1819, a fachada da igreja é levantada dentro do espírito barroco da época (e continua à ser sua fachada atual).

Em 1999, a igreja de São Miguel Arcanjo é elevada ao estatuto de "basílica-menor" pelo papa João Paulo II mas é consagrada como tal apenas no ano 2000.

Atualmente, a Basílica de São Miguel Arcanjo é uma das igrejas mais visitadas no departamento dos Alpes Maritimes (Alpes Marítimos), no sul da França. Durante o mês de agosto, ela acolhe o Festival de Música Clássica - uma tradição desde 1949!

Uma vez que a basílica encontra-se no centro histórico, é impossível o acesso até o local de carro: as ruas são muito estreitas e não permitem a passagem de veículos (de qualquer maneira, outros veículos motorizados como motos e vespas, por exemplo,  são proibidos). Acredite, é um verdadeiro prazer subir as ruas estreitas e coloridas do Velho Menton (Vieux Menton) e apreciar a beleza e a arquitetura simples das antigas casas provençais do local. Prepare-se para tirar muitas fotos!

O povo de Menton é amável e muito alegre e a Basílica, para eles, não é apenas um orgulho mas "parte da família ".

Já no alto da cidade histórica, diante da Basílica de São Miguel Arcanjo, podemos apreciar uma magnífica vista do azul profundo do mar mediterrâneo, suas praias e um pedaço da cidade antes de entrarmos na igreja e no belíssimo interior barroco-provençal que ela possui e que é o que vamos fazer agora!

Abaixo, você poderá desfrutar o interior desta igreja dedicada ao grande comandante e chefe da mílicia celeste, São Miguel Arcanjo!

IMG_0286

IMG_0287

IMG_0289

IMG_0291

IMG_0292

IMG_0293

IMG_0294

IMG_0295

IMG_0296

IMG_0298

IMG_0300

IMG_0303

IMG_0304

IMG_0305

IMG_0306São Miguel Arcanjo é o anjo poderoso e vencedor das batalhas espirituais, peça através da oração a graça de alcançar a libertação que necessita.

Glorioso São Miguel Arcanjo,
poderoso vencedor das batalhas espirituais,
vinde em auxílio das minhas necessidades
espirituais e temporais.

Afugentai de minha presença todo mal
e todo ataque e ciladas do inimigo.
Com sua poderosa espada de luz,
derrotai todas as forças malignas
e iluminai meus caminhos
com a luz de tua proteção.

Arcanjo Miguel,
do mal: libertai-me;
do inimigo: livrai-me;
das tempestades: socorrei-me;
dos perigos: protegei-me;
das perseguições: salvai-me!

Glorioso São Miguel Arcanjo,
pelo poder celeste a vós conferido,
sê para mim o guerreiro valente,
conduzi-me nos caminhos da paz e em direção ao Cristo.

Amém!

🌟

Hoje, neste dia de São Miguel, eu agradeço todas as graças que recebi através da intercessão e da proteção deste imperioso e poderoso arcanjo. Muito Obrigada São Miguel!

IMG_0308Esta matéria pode ser reproduzida, por favor, cite a fonte:  

 VIRIDITAS DE HILDEGARDA DE BINGEN   

viriditasbingen.canalblog.com