IMG_8468

Em seus escritos, Hildegarda de Bingen menciona o mel em uso medicinal e desaconselha a ingestão dos favos. Por muitos anos, o mel foi um alimento muito importante na alimentação humana por ser uma fonte de açúcar para o homem. Com o cultivo da cana de açúcar e, consequentemente, o uso do mesmo em expansão pelo mundo, o consumo de mel diminui drasticamente e hoje em dia, busca-se o mel antes pelas suas virtudes curativas do que para adoçar um alimento. Como sabemos, há diferentes tipos de mel e cada um deles tem uma qualidade especial em termos nutritivos. Vamos ver alguns deles aqui:

IMG_8449

Mel de Flor da Acácia: para adoçar o alimentos dos bebês, recomendado para diabete não-insulinodendente;

IMG_8452

Mel de Flor de Crataegus1 :recomendado para afecções cardio-vasculares, insônia e nervosismo;

IMG_8450

Mel de Flor de Urze2: recomendado no caso de cistites urinárias e inflamação da próstata;

IMG_8453

Mel de Flor de Castanha: para problemas de circulação, cansaço, anemia e fadiga intensa;

IMG_8475

Mel de Flor de Colza: mel que pode ser utilizado quotidianamente. Muito utilizado na fabricação do pão de mel3 e do hidromel4;

IMG_8451

Mel de Flor de Eucalipto: para bronquite, tosse, gripe, cistite, colibacilose5, febre;

IMG_8454

Mel de Flor de Framboesa: para dor de garganta e problema (dor) nas gengivas;

IMG_8467

Mel de Flor de Lavanda: dor de cabeça, insônia, problemas respiratórios ;

IMG_8455

Mel de Flor de Manjerona: nervosismo, insônia;

IMG_8476

Mel de Flor de Dente-de-Leão: em casos de insuficiência hepática;

IMG_8456

Mel de Flor de Alecrim: cansaço, má digestão, insuficiência hepática;

IMG_8457

Mel de Flor de Amora Silvestre: tosse, dor de garganta;

IMG_8458

Mel de Flor de Sanfeno: mel que pode ser utilizado todos os dias;

IMG_8460

Mel de Flor de Pinheiro: em casos de bronquite, gripe, tosse, sinusite e angina;

IMG_8459

Mel de Flor de Segurelha: nos casos de astenia e cansaço sexual importante; 

IMG_8813

 Mel de Flor de Sálvia: para problemas circulatórios, anemia;

IMG_8844

Mel de Flor de Serpilho: cansaço, tosse, úlcera estomacal;

IMG_8464

Mel de Flor de Tomilho: bronquite, doenças infecciosas, gripe, tosse, úlcera;

IMG_8465

Mel de Flor de Tília: insônia (excelente para adoçar o chazinho da noite, após à janta ou antes de dormir);

IMG_8466

Mel de Flor de Trevo: mel que pode ser utilizado quotidianamente;

IMG_8495

Mel de Flor de Rhododendron: mel raro e suave, ele é utilizado em "api-terapia" para a regeneração celular. Ele tonifica e suaviza a pele. Além disso, este mel possui vários oligoelementos perfeitamente equilibrados. Também é utilizado contra gripes e resfriados;

IMG_8807

Mel de Flor de Cerejeira: mel muito utilizado nos casos de problemas urinários, graças às suas qualidades diuréticas (ele aumenta a secreção urinária). Este mel também contribui ao equilíbrio interno do organismo;

IMG_8478

Mel de Flor de Limoeiro: mel muito claro (quase branco), ele possui propriedades antibacterianas e antissépticas. É ideal para dores de garganta e também é utilizado em cuidados com a pele (quando misturado ao suco de limão) por suas propriedades regenerativas e adstringentes; 

IMG_8479

Mel de Flor de Laranjeira: rico em antioxidantes, este mel ajuda a fortalecer o sistema imunitário e por isso, é comumente associado ao própolis, principalmente nas estações frias. O mel de Flor de Laranjeira tem uma ação calmante e sedativa e por essa razão, é utilizado para dores de cabeça, enxaquecas, insônias, palpitações, angústias e estresse. Trata-se de um sedativo natural, ideal para acalmar as tensões e o nervosismo. Por isso, é aconselhado antes de dormir. Este mel pode ser utilizado todos os dias. 

IMG_8494

Mel de Flor de Bananeira: mel raro, ele pode ser utilizado para a toi ficar à fertilidade, lutar contra a anemia, regular o ciclo menstrual, favorizar a lactação nas mulheres que amamentam e, enfim, ajudar na redução da hipertensão; 

IMG_8499

Mel de Flor do Cafeeiro: mel extremamente raro, de aroma forte e sabor marcante, é excelente para aliviar a garganta irritada e cordas vocais;

IMG_8497

Mel de Flor de Macieira: de um sabor um pouco ácido (embora sútil) e que lembra a maçã, este mel possui um alto valor energético e, por essa razão, é um dos mais procurados pelos esportistas;

IMG_8814

Mel de Flor de Manuka: mel utilizado há anos pela população Maori na Nova Zelândia, é considerado o mais poderoso mel no mundo - um superalimento. Ele contribui no reforço das defesas do organismo, combate as infecções, dores de garganta, febre dos fenos,  problemas de estômago, infecções orais e bactérias notoriamente resistentes a antibióticos e, por vezes, responsáveis por enfermidades inteiras. A comunidade científica demonstra um grande interesse na utilização desse mel em quadros cancerígenos, pois já foi demonstrado que esse mel melhora o sistema imunitário e possui propriedades anti-cancerígenas.

 

Notas:

1. Também conhecida por Espinheiro Alvar ou Pilriteiro;

Astenia: ou debilidade é o nome empregado em medicina para designar uma fraqueza orgânica, porém sem perda real de massa muscular. Caso ocorra perda muscular, é miastenia. E no caso de fraqueza mental, chama-se neurastenia;

2. Urze (Calluna vulgaris): também conhecida como Torga;

3. Em francês: pain d'épice;

4. Hidromel: bebida alcoólica fermentada proveniente do mel. O hidromel tem as qualidades do mel com que é feito. Ele é um bom digestivo e também fortificante. Ativa a circulação sanguínea e reforça as funções vitais;

IMG_8809

5. Doenças infecciosas dos animais domésticos. Há também a colibacillose neonatal, causada pela bactéria Escherichia coli (E. coli) que ataca principalmente os leitões;

Termos originais (em francês):

Miel d'Acacia

Miel d'Aubépine

Miel de Bruyère 

Miel de Châtaigne 

Miel de Colza

Miel d'Eucalyptus

Miel de Framboisier

Miel de Lavande

Miel de Marjolaine

Miel de Pissenlit 

Miel de Romarin

Miel de Ronce

Miel de Sainfoin

Miel de Sapin

Miel de Sarriete

Miel de Sauge

Miel de Serpolet

Miel de Thym

Miel de Tilleul

Miel de Trèfle 

Miel de Rhodondendron

Miel de Ceresier

Miel de Citronnier 

Miel d'Oranger

Miel de Bananier

Miel de Cafeier

Miel de Pommier

Miel de Manuka

Fontes: 

BIOCONTACT n° 302 - juin 2019

www.guide-du-miel.com

www.famillemary.fr

www.domaine-chezelles.com

www.mieletvertus.com

IMG_0486